Papa entra em templo da Assembleia de Deus durante visita à Manguinhos

papaAD

A Igreja Assembleia de Deus em Varginha no complexo de Manguinhos/RJ fica em frente ao campo onde o Papa fez seu discurso para a comunidade, e estava aberta para dar apoio aos peregrinos. O Papa pediu para que os pastores e fieis rezassem junto com ele.

O acesso ao campo onde o Papa Francisco discursou, em Varginha, no Complexo de Manguinhos, na Zona Norte do Rio, fica em frente a um templo da Assembleia de Deus. A proximidade, no entanto, não produziu nenhum tipo de saia justa: o Papa Francisco chamou pastores e fiéis que estavam presentes para rezarem, juntos, um Pai Nosso. A visita de Francisco faz parte da Jornada Mundial da Juventude.

– Estávamos na congregação e recebemos um representante da equipe dele (Francisco). Perguntou se poderia passar aqui. Aceitamos, claro, afinal somos irmãos em Cristo. É uma interação positiva, nós (cristãos) aprendemos sempre que não existe essa diferença e nem deve haver briga. Sem paz com todos, não veremos Deus – disse o pastor Elenilson Ribeiro.

Elenilson guia a igreja com a ajuda do pastor Eliel Magalhães, que fez questão de frisar que a igreja ficou aberta o tempo todo para dar apoio aos fiéis católicos que foram à comunidade ver o Papa Francisco.

– A gente tem o seguinte posicionamento: Jesus Cristo é o senhor. Nosso Pontífice não é o Papa, mas ficamos muito contentes com a visita. Deixamos a igreja aberta para apoiar as pessoas, quem precisasse ir ao banheiro beber uma água – explicou o pastor Eliel Magalhães.

compartilhe

PinIt

53 Comentários: “Papa entra em templo da Assembleia de Deus durante visita à Manguinhos

  1. enos gomes de sousa

    sou assembleiano e nao tenho nada contra pontifice catolico, so nao comungamos das mesmas doutrinas.

    responder
  2. gilvan alves moura

    Engraçado é que a globo não mostra nada disso, e eles vão dá esse mole para os evangélicos?

    responder
  3. Ronaldo Gabriel

    Achei muito legal a posição dos pastores, colocaram-se a disposição para abençoar pessoas que são iguais a nós exceto em suas posições teológicas, DEUS ABENÇOE ESSES PASTORES E SUA IGREJA LOCAL.

    responder
    • irmão em cristo

      Deus abençoe a todos ,e a humildade desse papa q ao entrar em uma igreja evangélica para fazer a oração do pai nosso ,seria obra do encardido se os pastores não permitiriam esse gesto de Francisco.

      responder
  4. Índio Luiz

    Nem todo o que me diz : Senhor, Senhor! Entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E em teu nome não expulsamos demônios? E em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhe direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade. MT 7: 21- 23

    responder
  5. janilson gomes

    Foi uma atitude louvável destes pastores tanto dos católicos quanto dos pastores evangélicos, haja paz em Israel, haja paz no Brasil e no Vaticano. Deus seja louvado.

    responder
  6. jppr jorgeppr jorgefoiorge de Carvalho Antonio

    foi louvável a atitude destes pastores somos irmãos em Cristo chega de incongruência esse papa é diferente
    não podemos abrir mão de nossa
    convicção.

    responder
    • Fábio Santos

      Realmente há diferença nesse papa. Ele é mais “carismático” e “humilde”, não é?! Chegou como quem não queria nada, e mostrou ao mundo que o catecismo católico é o que vale. Não entendeu irmão? Dá uma olhada:

      “Este Catecismo lhes é dado a fim de que sirva como texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da doutrina católica (VEJA QUE A BASE PARA O ENSINO É O CATECISMO, E NÃO A BÍBLIA), e de modo muito particular para a elaboração dos catecismos locais. É também oferecido a todos os fiéis que desejam aprofundar o conhecimento das riquezas inexauríveis da salvação (cf. Jo 8,32). Pretende dar um apoio aos ESFORÇOS ECUMÊNICOS animados pelo santo desejo da UNIDADE DE TODOS OS CRISTÃOS, mostrando com exatidão o conteúdo e a harmoniosa coerência da fé católica. O “Catecismo da Igreja Católica”, por fim, é oferecido a todo o homem que nos pergunte a razão da nossa esperança (cf. l Pd 3,15) e queira conhecer AQUILO (NÃO “EM QUEM”) em que a Igreja Católica crê.” Introdução do Catecismo Católico

      O TEXTO DE JOÃO 8:32 SUPRACITADO DÁ A ENTENDER QUE A VERDADE EXPRESSA É O CATECISMO, E NÃO A VERDADE APRESENTADA NAS ESCRITURAS, O PRÓPRIO JESUS. (Grifos acrescentados).

      Acorda irmão, o papa vai unir as religiões, e vai cumprir seu propósito descrito em Apocalipse 17…

      responder
      • ezequiel dhoco

        Afirme: qual grupo evangélico é fiel a Bíblia? Eu te respondo! Nenhum. Todos são fieis a sua tradição local, que infelizmente, é acima das Escrituras. Então, perante Deus ninguem é juiz….

        responder
        • Fábio Santos

          Deus tem, e sempre teve um remanescente fiel. Lembre-se da arrogância de Elias, ao afirmar que só havia restado ele como fiel, e o Senhor lhe revelou que conservara mais sete mil. Não sejas como Elias nesse ponto, estude a Bíblia e confie no Senhor, sabendo que homem é quem erra, e não Ele, e portanto, nas Suas Palavras (a Bíblia), encontrará a verdade. Há sim quem siga a Bíblia como ela é. Estude-a primeiro, veja o que ela diz, e depois encontre quem cumpre como ela diz, daí então, faça seus julgamentos. Contudo, a Bíblia afirma expressamente, claramente e sem rodeios que Roma Papal é a primeira besta do Apocalipse (Apocalipse 13). Não sou eu, mas está lá. Estude a Bíblia, e em conjunto Daniel e Apocalipse!

          responder
          • ezequiel dhoco

            O único homem que cumpriu as escrituras chama-se Jesus de Nazaré. Mesmo sendo a fidelidade de alguns, melhor do que a da grande maioria, nenhum outro homem chegará ao nível de obediência a Deus igual a Jesus. Então, todos os que professam fidelidade a Deus e que receberam Jesus como Senhor; estão crescendo em graça e prosseguindo para perfeição. Enquanto estivermos neste corpo terreno, estaremos sujeitos a erros e infelizmente, a pecados. Devemos entender que a nossa perfeição é relativa. Perfeição absoluta, só Deus tem. “Somos tão humanos, que a nossa própria humanidade nos denuncia”‘. Dhoco

  7. Pastor Valber

    Isso tudo é a essencia real do amor… Nós evangelicos fomos chamados para amar. O amor vai fazer com que muitas pessoas reconheçam a Jesus como unico Senhor. Precisamos deixar a iniquidade e amar mais.

    responder
  8. Marcelo Pinheiro Teixeira

    Nobre iniciativa correspondente ao ideal cristão do único Senhor, Jesus Cristo, que é a solidariedade baseada no amor. Embora divirjamos de pontos de vista teológicos e doutrinários fundamentais que balizam a fé cristã, somos chamados por Deus a agir com respeito ao diferente, não intentando nenhuma persuasão humana, mas deixando com o Espírito Santo a tarefa que lhe é devida, ou seja: CONVENCER A TODAS AS PESSOAS QUE CREIAM NA VERDADE ABSOLUTA, QUE É JESUS, NOSSO ÚNICO MEDIADOR, INTERCESSOR E PONTÍFICE, OU SEJA, PASTOR E BISPO DAS NOSSAS ALMAS.

    responder
    • Fagner

      É preciso tomar muito cuidado ao avaliar esse fato. É obvio que o cristão autêntico não deve ser intolerante e deve ter aversão às guerras religiosas. Entretanto, amar não significa compactuar com o pecado. É exatamente por amar os católicos e o Papa que devemos chamar-lhes à atenção contra a idolatria (voltada não só para os santos, mas também para o próprio Papa) e contra a doutrina corrompida de salvação pelas obras e penitências. A união com o ctolicismo só seria possível se o catolicismo abrir mão de suas heresias que desviam a Igreja de seu verdadeiro alvo que é Cristo. Isto sim é maturidade.

      responder
  9. Pr Eduardo

    A Igreja de Nosso Senhor Jesus Cristo deve estar aberta a toda criatura. A Igreja é para abençoar os que precisam.
    Que como exemplo do Papa muitos católicos venham também adentrar as Igrejas do Senhor Jesus e conhecerem a verdade que liberta.

    responder
    • josias c medeiros

      QUERIDOS A IGREJA TEM QUE ESTAR ABERTA A TODOS SIM, AGORA ACEITAR QUE UM PAPA REZE DENTRO DA IGREJA SEI NÃO, QUER DIZER QUE UM MACUMBEIRO PODE ENTRAR NA IGREJA I FAZER SUA MACUMBA?. ULTIMAMENTE AS IGREJAS TEM ACEITADO TANTA COISA. ARRAIA GOSPEL, SHOW GOSPEL, CARNAVAL GOSPEL, BOATE GOSPEL. SÓ FALTA INVENTAREM INFERNOZINHO GOSPEL. TÁ DIFÍCEL ….

      responder
      • Roberta JanuáriO

        Eeei, eu sou de lá!! Isso é mentiraa!! O papa nem entrou na igreja, ele só foi até a porta e cumprimentou os pastores!! A mídia aumenta tudo!!

        responder
  10. Filadelfo

    Prezado Companheiros de Ministério
    É com estes pequenos gestos que fazemos à diferença. É o sal fora do saleiro.Parabéns, por quebrar barreiras que em nada refletem o fruto do Espírito.
    Rev. Filadelfo Filho – Igreja Presbiteriana Jardim Canaã – Cabo Frio/RJ

    responder
  11. Pr. Jorge Muniz

    Acho que nós evangélicos temos que aprender uma coisa muito importante a respeito da unidade. Precisamos viver essa unidade e juntar as igrejas evangélicas, não importa a denominação e levar esse nome que está acima de todos os nomes (JESUS CRISTO). Parabéns ao Pastor Elenilson Ribeiro da AD do complexo de maguinhos, por esa atitude de carinho pelas as pessoas, sua igreja vai lotar de salvos Ok!!!!!!.

    responder
    • Fábio Santos

      É isso mesmo, dessa forma vão cumprir exatamente o que pede o catecismo, quando fala da união dos cristãos:

      “Este Catecismo lhes é dado a fim de que sirva como texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da doutrina católica (VEJA QUE A BASE PARA O ENSINO É O CATECISMO, E NÃO A BÍBLIA), e de modo muito particular para a elaboração dos catecismos locais. É também oferecido a todos os fiéis que desejam aprofundar o conhecimento das riquezas inexauríveis da salvação (cf. Jo 8,32). Pretende dar um apoio aos ESFORÇOS ECUMÊNICOS animados pelo santo desejo da UNIDADE DE TODOS OS CRISTÃOS, mostrando com exatidão o conteúdo e a harmoniosa coerência da fé católica. O “Catecismo da Igreja Católica”, por fim, é oferecido a todo o homem que nos pergunte a razão da nossa esperança (cf. l Pd 3,15) e queira conhecer AQUILO (NÃO “EM QUEM”) em que a Igreja Católica crê.” Introdução do Catecismo Católico

      O TEXTO DE JOÃO 8:32 SUPRACITADO DÁ A ENTENDER QUE A VERDADE EXPRESSA É O CATECISMO, E NÃO A VERDADE APRESENTADA NAS ESCRITURAS, O PRÓPRIO JESUS. (Grifos acrescentados).

      Fazer o que você disse irmão, é ir contra a Bíblia:

      “Se alguém ensina alguma OUTRA DOUTRINA, e se não conforma com as SÃS PALAVRAS de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a PIEDADE, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e PRIVADOS DA VERDADE, cuidando que a piedade seja causa de ganho; APARTE-TE DOS TAIS. 1 Timóteo 6:3-5

      Tem certeza que você aceita a Bíblia, ou o catecismo?!

      responder
  12. Juan Silva

    É lamentável o comentário de alguns irmãos, querendo promover divisões! Sou da Assembléia de Deus e tenho algo a perguntar para essas pessoas: Quem tem mais interesse em divisões e rivalidades no Corpo de Cristo, senão o próprio diabo? Os irmãos esquecem que o diabo é pai da mentira e de toda divisão. Portanto, todo aquele que promove divisões no Corpo de Cristo, está movido pelo espírito do diabo. Pois conforme a PRÓPRIA BÍBLIA, a unidade entre cristãos é um desejo do próprio Jesus, conforme se lê em João 17:21: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”. Não estou defendendo os erros da Igreja Católica, nem propondo “união de igrejas”, mas respeitar e acolher os irmãos de outras denominações (incluindo os católicos) é um dever e uma obediência ao pedido que o PRÓPRIO JESUS NÓS FEZ: “Que sejam um PARA QUE O MUNDO CREIA”. O mundo, os mundanos, os ateus JAMAIS crerão em Deus, enquanto houver rivalidades entre nós cristãos. O que esses irmãos queriam, que os pastores virassem a cara para o papa e para os peregrinos católicos? Isso seria um péssimo exemplo ao mundo!!! O que iriam dizer de nós evangélicos??? Parabéns aos pastores que fizeram sua parte dando um exemplo de que ser crente, é ser alguém acolher e amável, mesmo com aqueles com quem temos muitas diferenças!

    responder
    • Fábio Santos

      Interessante! Ouvir palavra de HOMEM é gostoso, bom aos ouvidos, não é?! Difícil é aceitar a palavra do Senhor como ela é, sem reclamar, sem mudar nada, e cumprir como ela pede, na íntegra, sem interpretações “ao gosto do freguês”:

      “Se alguém ensina alguma OUTRA DOUTRINA, e se não conforma com as SÃS PALAVRAS de nosso Senhor Jesus Cristo, e com a doutrina que é segundo a PIEDADE, é soberbo, e nada sabe, mas delira acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas de homens corruptos de entendimento, e PRIVADOS DA VERDADE, cuidando que a piedade seja causa de ganho; APARTE-TE DOS TAIS. 1 Timóteo 6:3-5

      responder
    • eiiiii

      vc falou sobre causar. divisao no corpo de cristo. quem ta causando divisao no corpo de cristo sego sem visao e vc eles nao fais parte do corpo de cristo quem falou com vc uma igreja fastada da verdade herejem tem comunhuao com Deus

      responder
  13. Eduardo

    Olá, queridos.
    Os irmãos na fé estão esquecendo de um pequeno detalhe ao considerar todos os católicos como irmãos.
    João 1:12 diz que para ser considerado filho de Deus é preciso receber Jesus Cristo em sua vida e tê-lo como único Senhor e Salvador. União com todos se refere a unidade da Igreja de Cristo. Devemos pregar o Evangelho a tempo e fora de tempo sim, é mandamento. Quem ama a Cristo vive a Palavra de Deus na sua íntegra.
    Há uma classe de pessoas que dizem ser cristãos, mas segundo Mateus 7:21-23, poderão até chegar na porta, mas não entrarão. Quem vc está chamando de irmão ainda está no estágio de velha criatura.
    Um beijo no coração para os irmãos em Cristo.

    responder
    • Fábio Santos

      Um dos poucos comentários coerentes com a Bíblia, a única que deveria ser a regra de fé de todo cristão, mas não parece ser. Continue buscando a bênção na Palavra, irmão, e serás agraciado no Dia do Senhor!

      responder
  14. Gilson dos santos

    A cada dia sinto mais orgulho e satisfação em fazer parte não apenas do Reino de Deus, mais também da assembléia de Deus em Bonsucesso, Igreja na qual a Congregação recebeu o papa com camaradagem e amor como nos ordena o Senhor em relação aos estrangeiros e peregrinos.

    responder
  15. jose valente de souza

    Foi ótima atitude dos irmãos da Assembléia de Deus, é assim que se faz receber as pessoas seja de qualquer igreja, isso por si só já é uma pregação, e a igreja evangélica vai crescer muito com a vinda do Papa ao Brasil, pois ele não prega a mensagem do evangelho só fala em outros assuntos, e os evangélicos pregam a mensagem da salvação da alma e a mudança de vida.

    responder
    • Fábio Santos

      Irmão, Lutero, “fundador” do protestantismo, descobriu e identificou o papa como o “homem da iniquidade” de 2 Tessalonicenses, e então denunciou os pecados de Roma, separando sua congregação da Romana Papal. Hoje, o papa veio, entrou em sua igreja, e mostrou ao mundo que o que Lutero começou no séculos atrás será desfeito, e voltará como antes. Acha que não?! Dê uma olhada no catecismo, e depois nas atitudes do papa.

      “[...]Pretende [o catecismo] dar um apoio aos ESFORÇOS ECUMÊNICOS animados pelo santo desejo da UNIDADE DE TODOS OS CRISTÃOS, mostrando com exatidão o conteúdo e a harmoniosa coerência da fé católica. O “Catecismo da Igreja Católica”, por fim, é oferecido a todo o homem que nos pergunte a razão da nossa esperança (cf. l Pd 3,15) e queira conhecer AQUILO (NÃO “EM QUEM”) em que a Igreja Católica crê.”
      Introdução ao Catecismo Católico

      responder
    • Juan Silva

      CONCORDO contigo irmão José! Sou da Assembléia de Deus Ministério de Madureira e queria saber o e-mail ou o telefone da igreja dos irmãos de Bonsucesso, para PARABENIZAR a atitude dos pastores daí. Eles foram TOTALMENTE coerentes com o Evangelho. Quem promove divisões, é o diabo. Só o Espirito Santo pode unir as pessoas, mesmo diante de suas diferenças. Até agora eu não entendo o que alguns aqui queriam… Será que eles queriam que os pastores dessem com a porta na cara do papa? Era isso? Isso seria cumprir a Palavra de Deus? Qual seria o ensinamento que tal atitude deixaria ao mundo sobre nós evangélicos? Essas pessoas se apegam a textos bíblicos descontextualizados e começam a fomentar o ódio e a discórdia entre os filhos de Deus, com a desculpa diabólica de estarem sendo fiéis ao que “diz a Bíblia”. Mas se elas quisessem ser realmente fiéis à Bíblia tomariam por exemplo o que está escrito em Marcos 9: 38-40: “Mestre, disse João, “vimos um homem expulsando demônios em teu nome e procuramos impedi-lo, porque ele não era um dos nossos. Não o impeçam, disse Jesus. Ninguém que faça um milagre em meu nome, pode falar mal de mim logo em seguida, pois quem não é contra nós está a nosso favor”. Estes textos são COMPLETAMENTE esquecidos pelos que se dizem cristãos, mas são pregadores do ódio, divisões e separações. Não sou a favor da “união de igrejas”, mas não há dúvida que é um desejo de Jesus que os que dizem que creem nele (evangélicos e católicos), vivam unidos, pois ele mesmo disse em João 17:21: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”. O mundo só vai crer em nós cristãos, quando passarmos a PRIMEIRO nós amarmos entre nós mesmos!

      responder
      • Fábio Santos

        Como pode você irmão, ser tão entendido na Palavra, e usar um texto fora do contexto. Marcos 9:38-40 refere-se a alguém que fazia a mesma obra de Cristo. Ele pregava, e por consequência, realizava os sinais que Cristo realizava.
        O papa porém, não prega Cristo, mas a si mesmo, entronizando-se como Deus e distribuindo perdão de pecados. Pense nisto! Será que Cristo diria a mesma coisa a respeito do papa: “ele não está contra nós, mas a nosso favor”… será que diria isso como disse aos discípulos sobre aquele homem?!

        O desejo de Cristo em João 17 é a unidade entre Ele e seus servos, os verdadeiros adoradores. Não está incluindo os que se opõe à seu chamado, mesmo que seja em seu nome. Ora, assim diz as Escrituras: “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos ABOMINÁVEIS, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Apocalipse 21:8

        responder
      • Anônimo

        sou serva do senhor jesus. nao religiosa. concordo com os pastores nao podemos forçar ninguem a nada .temos e que acabar com essa hipocrisia do nosso meio diz q ama mas e pura mentira somos ensinado a ser cheios de preconceitos por isso vou servir a Deus como esta na biblia se eu nao amar meu proximo q eestou vendo como posso amar a Deus q nunca vi,, alguns so se preocupa com a obra secular. se vc nao mostra nada na igreja vc e deixado de lado, e mesmo assim, faZ 28 anos q sirvo a DEUS EM UM MINISTERIO.MAS NAO CONCORDO COM TUDO DELE,SOU MISSIONARIA DE JESUS CRISTO NAO DE UMA PLACA DE IGREJA, VOU EVANGELIZAR ATE MEU ULTIMO DIA NA FACE DA TERRA PRA MIM ESSA E A VERDADEIRA OBRA DO SENHOR ABRÇOS DA IRMÁ SEM nayme

        responder
    • Juan Silva

      CONCORDO contigo irmão José! Sou da Assembléia de Deus Ministério de Madureira e queria saber o e-mail ou o telefone da igreja dos irmãos de Bonsucesso, para PARABENIZAR a atitude dos pastores daí. Eles foram TOTALMENTE coerentes com o Evangelho. Quem promove divisões, é o diabo. Só o Espirito Santo pode unir as pessoas, mesmo diante de suas diferenças. Até agora eu não entendo o que alguns aqui queriam… Será que eles queriam que os pastores dessem com a porta na cara do papa? Era isso? Isso seria cumprir a Palavra de Deus? Qual seria o ensinamento que tal atitude deixaria ao mundo sobre nós evangélicos? Essas pessoas se apegam a textos bíblicos descontextualizados e começam a fomentar o ódio e a discórdia entre os filhos de Deus, com a desculpa diabólica de estarem sendo fiéis ao que “diz a Bíblia”. Mas se elas quisessem ser realmente fiéis à Bíblia tomariam por exemplo o que está escrito em Marcos 9: 38-40: “Mestre, disse João, “vimos um homem expulsando demônios em teu nome e procuramos impedi-lo, porque ele não era um dos nossos. Não o impeçam, disse Jesus. Ninguém que faça um milagre em meu nome, pode falar mal de mim logo em seguida, pois quem não é contra nós está a nosso favor”. Estes textos são COMPLETAMENTE esquecidos pelos que se dizem cristãos, mas são pregadores do ódio, divisões e separações. Não sou a favor da “união de igrejas”, mas não há dúvida que é um desejo de Jesus que os que dizem que creem nele (evangélicos e católicos), vivam unidos, pois ele mesmo disse em João 17:21: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”. O mundo só vai crer em nós cristãos, quando passarmos a PRIMEIRO nós amarmos entre nós mesmos!

      responder
  16. Anônimo

    Parabéns a assembléia de Deus em varginha por esta atitude nobre é assim que fazemos a diferença

    responder
  17. Antonio Rodrigues da costa

    Isto quer dizer sabedoria, inteligência, visão de reino, e porque não dizer evangelização?

    responder
    • Fábio Santos

      Verdade, o papa veio ao Brasil, evangelizou milhares (ou até milhões) de jovens, e também mostrou ao mundo que evangeliza também os evangélicos, e que o que está escrito no catecismo é o que vale para todos: “Este Catecismo lhes é dado a fim de que sirva como texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da doutrina católica (VEJA QUE A BASE PARA O ENSINO É O CATECISMO, E NÃO A BÍBLIA), e de modo muito particular para a elaboração dos catecismos locais. É também oferecido a todos os fiéis que desejam aprofundar o conhecimento das riquezas inexauríveis da salvação (cf. Jo 8,32). Pretende dar um apoio aos ESFORÇOS ECUMÊNICOS animados pelo santo desejo da UNIDADE DE TODOS OS CRISTÃOS, mostrando com exatidão o conteúdo e a harmoniosa coerência da fé católica. O “Catecismo da Igreja Católica”, por fim, é oferecido a todo o homem que nos pergunte a razão da nossa esperança (cf. l Pd 3,15) e queira conhecer AQUILO (NÃO “EM QUEM”) em que a Igreja Católica crê.” O TEXTO DE JOÃO 8:32 SUPRACITADO DÁ A ENTENDER QUE A VERDADE EXPRESSA É O CATECISMO, E NÃO A VERDADE APRESENTADA NAS ESCRITURAS, O PRÓPRIO JESUS. (Grifos acrescentados). Introdução do Catecismo Católico

      responder
  18. Fábio Santos

    Querem entender o papa segundo as Escrituras? Por que ele representa a besta de Apocalipse 13 e 17? Entrem em contato. Envio estudos bíblicos gratuitos!

    responder
    • Juan Silva

      CONCORDO contigo irmão José! Sou da Assembléia de Deus Ministério de Madureira e queria saber o e-mail ou o telefone da igreja dos irmãos de Bonsucesso, para PARABENIZAR a atitude dos pastores daí. Eles foram TOTALMENTE coerentes com o Evangelho. Quem promove divisões, é o diabo. Só o Espirito Santo pode unir as pessoas, mesmo diante de suas diferenças. Até agora eu não entendo o que alguns aqui queriam… Será que eles queriam que os pastores dessem com a porta na cara do papa? Era isso? Isso seria cumprir a Palavra de Deus? Qual seria o ensinamento que tal atitude deixaria ao mundo sobre nós evangélicos? Essas pessoas se apegam a textos bíblicos descontextualizados e começam a fomentar o ódio e a discórdia entre os filhos de Deus, com a desculpa diabólica de estarem sendo fiéis ao que “diz a Bíblia”. Mas se elas quisessem ser realmente fiéis à Bíblia tomariam por exemplo o que está escrito em Marcos 9: 38-40: “Mestre, disse João, “vimos um homem expulsando demônios em teu nome e procuramos impedi-lo, porque ele não era um dos nossos. Não o impeçam, disse Jesus. Ninguém que faça um milagre em meu nome, pode falar mal de mim logo em seguida, pois quem não é contra nós está a nosso favor”. Estes textos são COMPLETAMENTE esquecidos pelos que se dizem cristãos, mas são pregadores do ódio, divisões e separações. Não sou a favor da “união de igrejas”, mas não há dúvida que é um desejo de Jesus que os que dizem que creem nele (evangélicos e católicos), vivam unidos, pois ele mesmo disse em João 17:21: “Para que todos sejam um, como tu, ó Pai, o és em mim, e eu em ti; que também eles sejam um em nós, para que o mundo creia que tu me enviaste”. O mundo só vai crer em nós cristãos, quando passarmos a PRIMEIRO nós amarmos entre nós mesmos!

      responder
      • Fábio Santos

        Como pode você irmão, ser tão entendido na Palavra, e usar um texto fora do contexto. Marcos 9:38-40 refere-se a alguém que fazia a mesma obra de Cristo. Ele pregava, e por consequência, realizava os sinais que Cristo realizava.
        O papa porém, não prega Cristo, mas a si mesmo, entronizando-se como Deus e distribuindo perdão de pecados. Pense nisto! Será que Cristo diria a mesma coisa a respeito do papa: “ele não está contra nós, mas a nosso favor”… será que diria isso como disse aos discípulos sobre aquele homem?!

        O desejo de Cristo em João 17 é a unidade entre Ele e seus servos, os verdadeiros adoradores. Não está incluindo os que se opõe à seu chamado, mesmo que seja em seu nome. Ora, assim diz as Escrituras: “Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos ABOMINÁVEIS, e aos homicidas, e aos que se prostituem, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. Apocalipse 21:8

        responder
  19. javier

    Bons irmãos esperados. Voltai a casa à plenitude da Verdade na Igreja de Cristo, a Igreja que escreveu a Biblia!

    responder
  20. Sandra

    Irmãos em Cristo,isto basta,ou pelo menos deveria bastar para quem tem Cristo no coração.Atitude que todos os cristãos deveriam ter,amar uns aous outros incondicionalmente,O que o Papa fez foi lindo,acredito que outras igrejas não teriam esta atitude.Boa Papa.

    responder
  21. PEDRO

    FOI DE VERDADEIROS CRISTAOS A ATITUDES DO PR E IRMAOS DA AD POIS E UMA OTIMA OPORTUNIDADE PARA DE FORMA SABIA VIVER O EVANGELHO E AO MESMO TEMPO DEUS FAZ A OBRA NADA ACONTECE SEM A PERMISSAO DE DEUS POIS MAIOR O QUE ESTA CONOSCO DO QUE ESTA NO MUNDO NOS FAZEMOS A DIFERENÇA.SOMOS LUZ E SAL DESSA TERRA.

    responder
  22. Tia Jane

    Alegria, alegria!
    Sou católica de berço e apaixonada pela Igreja.
    Ver o Papa Francisco (que para nós é tão importante),
    ser recebido carinhosamente por nossos irmãos da Assembléia de Deus,
    Só vem confirmar o que sempre achei:
    “Somos filhos de Deus por adoção atraves de Jesus, e louvo a Deus
    com louvores e com meus joelhos ao chão. Afinal, Somos um Só! UNIDADE… JESUS… PAZ”.

    Deixemos para Deus julgar-nos pois somente Ele conhece nosso coração.

    Beijocas em todos e em especial nas crianças da qual sou ministra de Evangelização Infantojuvenil
    E as acolho igualmente e alegremente, respeitando sua fé quando faço algum evento secular.

    Afinal meu sonho é que as crianças sintam a presença do nosso lindo “menino Jesus”
    E assim sejam amigos! Graaaaaaandes amigos!

    Ufa… Escrevi D+!
    #vemserfeliz

    responder
  23. Fagner

    Para realmente agradar a Deus e viver uma conduta cristã autêntica é preciso équilíbrio na interpretação das Escrituras e sensibilidade para ser guiado pelo Espírito Santo. Em relação ao equilíbrio, devemos lembrar que a mesma Bíblia que ensina que Jesus nos deixou a sua paz, afirma que Ele declarou que não veio trazer paz ao mundo, mas espada. A mesma Bíblia que fala em céus, fala em inferno. A mesma Bíblia que nos ensina a acolher os peregrinos e estrangeiros, nos ensina a não receber falsos cristos e falsos profetas que estão enganando as pessoas com sua “belíssima” aparência de santidade (até Satanás se transforma em anjo de luz para enganar, se possível até os escolhisdos). A mesma Escritura que ensina a amar o pecador, ensina a odiar o pecado. Não devemos ser extremistas. Amemos o pecador, mas não suas práticas pecaminosas. Odiemos o pecado, mas não tratemos mal nem discriminemos os pecadores. Precisamos aprender esse equilíbrio para tratar cada pessoa em cada situação da forma correta. O Mestre disse que deveríamos ser símples como as pombas, mas também prudentes como as serpentes.
    Peço aos irmãos que reflitam e orem para que o Senhor nos ilumine o entendimento pelo Seu Espírito!
    Maranata! Ora vem Senhor Jesus!

    responder
  24. Fagner

    Não esqueçam das profecias referentes aos últimos dias. Não esqueçam o amor, mas também não esqueçam não devemos nos conformar com este século por causa do amor. Acautelai-vos dos falsos profetas, que o Senhor disse que surgiria no próprio meio cristão! Eles iriam pregar mensagens que agradariam as multidões. A nossa identidade é o amor, mas não precisamos ser amados pelo mundo. Jesus disse que o mundo nos odiaria por causa DELE, por pregarmos a verdade. ELE é a VERDADE.
    Que o espírito da apostasia não engane você!
    Deus te abençoe e conduza pelo Seu Espírito.

    responder
  25. Ricardo Bonfanti

    Barbaridade Tchê!!! Como gerou comentário isso hein?
    Minha opinião resumida: Parabéns aos pastores da AD que foram sensíveis a repercussão pós visita.

    responder
  26. Fernando

    Aos Pastores que proporcionaram esse momento minha gratidão em nossa de todos os Católicos. Pode ser que a mídia não mostre, mais na JMJ 2013 contamos com a ajuda de muitas igrejas cristãs do Brasil que mesmo não comungando da mesma fé que nós foram atenciosas e nos disponibilizaram seus templos para acomodar a todos de forma confortável. Esse é o sentido dos ensinamentos de Jesus, este Jesus que é o mesmo em todas as igrejas cristãs espalhadas pelo mundo todo. Mais uma vez muito obrigado a todos vocês que foram nosso apoio nesse evento e que são apoio em tantos outros momentos de nossa vida cristã. Um abraço de gratidão de um Irmão Católico
    .

    responder
  27. Fernando

    Aos Pastores que proporcionaram esse momento minha gratidão em nome de todos os Católicos. Pode ser que a mídia não mostre, mais na JMJ 2013 contamos com a ajuda de muitas igrejas cristãs do Brasil que mesmo não comungando da mesma fé que nós foram atenciosas e nos disponibilizaram seus templos para acomodar a todos de forma confortável. Esse é o sentido dos ensinamentos de Jesus, este Jesus que é o mesmo em todas as igrejas cristãs espalhadas pelo mundo todo. Mais uma vez muito obrigado a todos vocês que foram nosso apoio nesse evento e que são apoio em tantos outros momentos de nossa vida cristã. Um abraço de gratidão de um Irmão Católico
    .

    responder
  28. Fernando

    Aos Pastores que proporcionaram esse momento minha gratidão em nome de todos os Católicos. Pode ser que a mídia não mostre, mais na JMJ 2013 contamos com a ajuda de muitas igrejas cristãs do Brasil que mesmo não comungando da mesma fé que nós foram atenciosas e nos disponibilizaram seus templos para acomodar a todos de forma confortável. Esse é o sentido dos ensinamentos de Jesus, este Jesus que é o mesmo em todas as igrejas cristãs espalhadas pelo mundo todo. Mais uma vez muito obrigado a todos vocês que foram nosso apoio nesse evento e que são apoio em tantos outros momentos de nossa vida cristã. Um abraço de gratidão de um Irmão Católico
    .

    responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>